Além do Setembro Amarelo e do Setembro Verde que marcam campanhas de conscientização sobre o suicídio e sobre a doação de órgãos, respectivamente, setembro é também o mês de combate as doenças cardiovasculares, conhecido como Setembro Vermelho. Segundo estudo sobre a Carga Global da Doença, realizado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 2014, a doenças cardiovasculares foram responsáveis por 30% de todas as mortes em 2010. Os números são ainda mais alarmantes se levarmos em conta que no Brasil 33% dos óbitos registrados estão ligados ao coração. Para o cardiologista da Associação dos Funcionários Públicos do Espírito

Santo (AFPES), Vinícius Xavier, a campanha é importante para mobilizar a população e conscientizar sobre os cuidados com o coração.

“A data é fundamental para discutirmos e chamarmos atenção das pessoas para os cuidados com o coração e, aqui, vale destacar que ninguém deve ficar de fora. Atividades regulares, alimentação balanceada e acompanhamento médico são importantíssimos para a nossa saúde, independente da presença ou não de sintomas . Não importa a idade, procure o médico e ajude a multiplicar o conhecimento”, completou o cardiologista da AFPES, Vinícius Xavier. O cardiologista destaca que os fatores de risco para doenças do coração mais comuns no dia a dia da população são obesidade, tabagismo e o estresse. Outros como hipertensão arterial, diabetes, sedentarismo e história familiar de doenças cardiovasculares completam a gama de condições que predispõem a infarto do coração e acidente vascular cerebral (AVC). Situações que podem ser tratadas com pequenos cuidados. “Pesquisas mostram a redução entre 50% e 60% da mortalidade por doenças cardiovasculares com a adoção de ações simples como dieta balanceada e atividade física. Além disso, nunca deixe de procurar um especialista”, finalizou Vinícius Xavier. Setembro Vermelho

A campanha Setembro Vermelho foi idealizada, em 2014, pelo Instituto Lado a Lado pela Vida por se tratar do mês em que é comemorado o Dia Mundial do Coração, dia 29 de setembro. Segundo a entidade, a conscientização sobre as doenças cardíacas é vital para controlar o número de óbitos relacionados aos órgão, que chega a 43% no mundo. Ainda de acordo com a instituição, o Setembro Vermelho ressalta a importância da adesão a bons hábitos de vida de maneira natural e saudável.

Cardiologia – Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo

Na Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo (AFPES), a especialidade de cardiologia pode ser agendada nos ambulatórios: de Vitória, no Centro, e de Vila Velha, no Ibes. Para marcação de consultas, você pode ligar: (27) 3232.5791 (Vitória) ou 3229.1542 (Ibes).

Assessoria de Comunicação AFPES
Ravane Denadai
(27) 99823-4551
assessoria.afpes@afpes.com.br